sexta-feira, 14 de dezembro de 2018

116 MUNICÍPIOS MAIS POBRES NÃO SOMAM NEM 10% DO PIB DO CEARÁ

Mesmo com pouca participação na economia, as mesmas cidades possuem quase 22% da população cearense, de acordo com dados do IBGE.

Os 116 municípios com menor Produto Interno Bruto (PIB) do Ceará não somam nem 10% do total do mesmo índice do Estado. A informação integra balanço do PIB dos municípios divulgado nesta sexta-feira, 14, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Mesmo com pouca participação na economia, as mesmas cidades possuem quase 22% da população cearense.

Confira mapa da concentração de recursos no Estado: 

Os dados dizem respeito a 2016, último ano a ser adicionado à série histórica da pesquisa. Ao todo, as 116 cidades que ocupam parte “de baixo” da tabela somavam PIB em cerca R$ 13 bilhões. Mesmo representando o produto de 63% dos municípios do Estado, o valor soma apenas 9,91% dos mais de R$ 138,3 bilhões do valor total da economia cearense.

A capital Fortaleza, do outro lado, concentrava quase 44% de todo o PIB do Estado, em R$ 60,1 bilhões. O valor é seguido pelos produtos de Maracanaú (R$ 8 bilhões), Caucaia (R$ 5,4 bilhões), Juazeiro do Norte (R$ 4,1 bilhões) e Sobral (R$ 4,1 bilhões). Somados, os cinco maiores PIBs do Ceará concentram quase 60% de toda a economia cearense.

Apesar da pequena produção de riquezas, os 116 municípios de menor PIB somam população de mais de 2 milhões de pessoas. Nas últimas posições da tabela, estão cidades como Granjeiro, Baixio, Senador Sá, Pacujá, General Sampaio, Altaneira, Umari e Pires Ferreira

CARLOS MAZZA (O Povo Online)

terça-feira, 20 de novembro de 2018

CEARÁ TEM 443 VAGAS NO NOVO EDITAL DO MAIS MÉDICOS; SALÁRIO É DE R$ 11.865,60

Foto: Fábio Lima ( O Povo)
Inscrições começam nesta quarta-feira, 21, pelo site do Mais Médicos. Atividades nos municípios devem começar ainda no início de dezembro.

Após saída de médicos cubanos do programa, o Ministério da Saúde lançou, de forma emergencial, novo edital para contratação de profissionais para o Mais Médicos. Serão ofertadas 8.517 vagas espalhadas por 2.824 municípios e 34 Distritos Sanitários Especiais Indígenas (DSEIs), onde antes atuavam os profissionais cubanos. No Ceará, são 439 vagas em municípios e quatro em DSEIs. As vagas serão direcionadas para pessoas formadas em instituições de educação superior brasileiras ou com diploma revalidado no País. O edital foi publicado na edição desta terça-feira, 20, do Diário Oficial da União.

Catalogadas em oito perfis diferentes, pelo menos 90 cidades do Ceará que receberão a assistência dos novos médicos do programa estão em situação de extrema pobreza, de acordo com o edital. Outras 14 ficam localizadas em áreas vulneráveis. Serão 27 vagas para a Capital e região metropolitana, sendo 15 para Fortaleza. 

Os médicos aprovados devem começar a trabalhar em 3 de dezembro. As inscrições no concurso começam às 8 horas desta quarta-feira, 21, e seguem até o dia 25 deste mês. O salário previsto é de R$ 11.865,60 por 36 meses, com possibilidade de prorrogação, para trabalhar por 36 horas em unidades básicas de saúde e cumprir oito horas com atividades acadêmicas teóricas. Como o programa prevê atuação em áreas distantes, os profissionais terão direito de solicitar ajuda de custo.

Antes da saída dos médicos anunciada pelo governo de Cuba em 14 de novembro, 118 cidades do Ceará contavam com o trabalho destes profissionais. Eles ocupavam 448 vagas do programa. Segundo ordem de prioridade, os cubanos eram convocados apenas quando as vagas não eram preenchidas por médicos brasileiros, formados no Brasil ou não, ou por estrangeiros formados fora do País. 

Os profissionais podem se inscrever no site maismedicos.gov.br.

Confira lista de cidades cearenses com vagas abertas para o Mais Médicos:

Acaraú
Acopiara
Alcântaras
Altaneira
Amontada
Ararenda
Arneiroz
Assaré
Barreira
Barroquinha
Baturité
Bela cruz
Boa viagem
Camocim
Campos sales
Capistrano
Carire
Cariús
Carnaubal
Catunda
Cedro
Chaval
Choró
Chorozinho
Coreaú
Crateús
Croatá
Cruz
Deputado Irapuan Pinheiro
Ererê
Forquilha
Fortaleza
Fortim
Frecheirinha
Graça
Granja
Guaraciaba do Norte
Hidrolândia
Horizonte
Ibiapina
Icó
Iguatu
Independência
Ipaporanga
Ipu
Ipueiras
Iracema
Irauçuba
Itaiçaba
Itapajé
Itapipoca
Itapiúna
Itarema
Itatira
Jaguaretama
Jaguaribara
Jaguaribe
Jaguaruana
Jucás
Lavras da Mangabeira
Limoeiro do Norte
Madalena
Marco
Martinópole
Meruoca
Miraima
Mombaça
Monsenhor Tabosa
Morada Nova
Moraújo
Morrinhos
Mucambo
Mulungu
Nova Russas
Novo Oriente
Ocara
Orós
Pacajus
Pacatuba
Pacoti
Palhano
Palmácia
Paracuru
Parambu
Pedra Branca
Pereiro
Pindoretama
Piquet Carneiro
Pires Ferreira
Poranga
Quiterianópolis
Quixadá
Quixeramobim
Reriutaba
Russas
Saboeiro
Santana do Acaraú
Santa Quitéria
São Benedito
São Gonçalo do Amarante
Senador Pompeu
Senador Sá
Sobral
Solonópole
Tabuleiro do Norte
Tamboril
Tauá
Tianguá
Tururu
Ubajara
Umirim
Uruoca
Várzea Alegre
Viçosa do Ceará 

Fonte: O Povo Online

quarta-feira, 7 de novembro de 2018

CÂMARA MUNICIPAL DE SOBRAL REALIZA SESSÃO SOLENE PELOS 50 ANOS DA UVA

Câmara Municipal de Sobral lembrou os 50 anos de Fundação da UVA, em Sessão Solene realizada em 22/10/2018.

Em Sessão Solene realizada nesta segunda-feira, 22 de outubro de 2018, no Plenário 5 de Julho, a Câmara Municipal de Sobral homenageou a Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA) pelos seus 50 anos de Fundação. A homenagem da Câmara integrou as comemorações pelo Jubileu da UVA e teve a presença de professores, servidores técnico-administrativos, estudantes e convidados.

Com abrangência em 54 municípios da Região Norte do Ceará, a UVA já formou, desde sua fundação, mais de 75 mil alunos chegando a mais de 200 mil, com a oferta de cursos descentralizados em outros oito Estados da Federação. “Nesses 50 anos, a UVA ampliou seu papel social, com a formação de licenciados e bacharéis em várias áreas, atuando e contribuindo para o desenvolvimento do semiárido, onde está inserida, e em todo o País”, afirmou o Reitor Fabianno Cavalcante Carvalho.

Além da homenagem à Universidade, a Câmara Municipal de Sobral agraciou com placas comemorativas e de agradecimento pelos “relevantes serviços prestados”, o primeiro reitor da UVA, Pe. Francisco Sadoc de Araújo; o Reitor Fabianno Cavalcante de Carvalho; a Vice-Reitora Izabelle Mont’Alverne; o ex-reitor Antonio Colaço Martins; Pe. Valdery da Rocha, ex-vice-reitor; o Bispo de Sobral Dom José Vasconcelos; o ex-reitor Teodoro Soares post mortem; ex-vice-reitor Evaristo Linhares post mortem; ex-vice-reitor Gregório Maranguape; ex-vice reitora Palmira Soares; a vice-prefeita Christianne Aguiar; Professor Igor Vieira e servidora técnica-administrativa Germelina Parente.

Fonte: Site UEVA

quarta-feira, 31 de outubro de 2018

MUNICÍPIO CEARENSE TEM DESINTERESSE POR RECURSO DE PROJETO FEDERAL

O município de Coreaú, distante 200 km de Fortaleza, recusa investimento federal. O feito se dá desde 2017 quando a quase um ano aquele município concorreu a um edital vencendo em 1º lugar no Nordeste, sendo o único do Ceará nesta categoria e 2º lugar em todo  Brasil.

A proposta nº 080600/2017 tendo o extrato publicado no diário oficial da união em 09/01/2018. A vigência do instrumento se deu a partir da sua assinatura e vigorará até 20/12/2018, disponível no SINCOV.

Sobre o Projeto:

O projeto prevê a aquisição de um banco de mudas e 10 quintais produtivos na modalidade Agricultura Urbana e Peri urbana que beneficiariam 10 famílias de baixa renda e que deveria ser montados no início da quadra invernosa já que se trata de plantio. O inverno de 2017 já passou, estamos se aproximando de outra quadra invernosa e o município de Coreaú até agora não manifestou nem um interesse pelo projeto, o que deixa pessoas a indagarem porque o município acha que não precisa.

Vale ressaltar que o projeto em questão é oriundo da Secretaria Especial da Agricultura Familiar, sem reembolso,  para  famílias carentes de Coreaú, só dependendo da prefeitura querer ajuda-las.   

ELEIÇÕES NO CEARÁ: Bolsonaro teve menor votação em Aiuaba e maior em Fortaleza; veja números de todos os municípios

No município do Sertão dos Inhamuns, o candidato do PSL obteve apenas 8,54% dos votos. Na Capital, conseguiu 44,39%.

Eleito no último domingo, 28, presidente do Brasil, Jair Bolsonaro (PSL) foi derrotado por Fernando Haddad (PT) em todos os municípios cearenses. Em Aiuaba, a 418 km de Fortaleza, o militar recebeu a menor votação proporcional no Estado, recebendo apoio de apenas 8,54% dos eleitores. O petista conseguiu 91,46% dos votos na cidade localizada no Sertão dos Inhamuns. Já na Capital a disputa foi a mais acirrada. Ainda que também derrotado, o candidato do PSL chegou a 44,39% dos votos. O petista conseguiu 55,61%. 

Além de Aiuaba, Haddad conseguiu votação superior a 90% — e Bolsonaro inferior a 10% — dos eleitores em outros seis municípios: Araripe, Deputado Irapuan Pinheiro, Santana do Cariri, Potengi, Tarrafas e Altaneira. Já o militar recebeu mais de 40% dos votos em duas cidades cearenses: Morrinhos e Marco.







Do Jornal O Povo Online

terça-feira, 30 de outubro de 2018

MUNICIPAIS E ESTADUAIS: Escolas públicas do Ceará não podem mais impedir a entrada de estudantes sem fardamento

Foto:Divulgação
A decisão, contestada pelo Estado, foi mantida pelo TJCE em sessão nessa segunda-feira, 29

Por decisão da 1ª Câmara de Direito Público do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), as escolas municipais e estaduais não poderão mais impedir a entrada de estudantes que não estejam vestidos com o fardamento. A liminar, proferida pelo Juízo da 2ª Vara da Comarca de Quixadá, foi mantida pelo TJCE. A multa em caso de descumprimento é de R$ 5 mil por dia.

De acordo com o processo, a Defensoria Pública do Estado solicitou que as escolas públicas municipais e estaduais deixem de impedir a entrada de estudantes que não tiverem condições financeiras de adquirir o fardamento. Além disso, pediu também que o Estado forneça o fardamento aos alunos.

O pedido, que partiu do Juízo da 2ª Vara da Comarca de Quixadá, determina que, em caso de descumprimento, a multa no valor de R$ 5 mil seja paga por dia.

O Estado, no entanto, pediu que a medida fosse suspensa, alegando que a decisão causa "lesão grave e de difícil reparação", pois impõe o custo do fornecimento de fardas escolares para os alunos, em descumprimento à legislação estadual.

Também houve o argumento da falta de segurança ao permitir a entrada de pessoas sem farda dentro da escola. Informou também que, depois de consulta pública do Conselho Escolar sobre a adoção do fardamento, os pais se comprometeram a adquirir o material pelo valor de R$ 30.

Nesta segunda-feira, 29, a decisão da 1ª Câmara de Direito Público foi a de manter a liminar. No voto, o desembargador ressaltou que não parace razoável, muito menos compatível com as ideias de igualdade e respeito às pluralidades defendidas pela Constituição Federal de 1988, o ato de excluir do ambiente escolar aqueles que não tem condições financeiras de adquirir o fardamento. 

No que diz respeito à consulta aos pais dos alunos, o relator afirmou que “não há indício de que tenha sido lançada consulta pública à comunidade sobre o uso ou não de fardamento, o que pressupõe coleta de votos, tampouco que essa decisão caberia igualmente aos pais”.

O desembargador validou a suposta justificativa de segurança para o ambiente escolar, mas decidiu que deve ser buscada uma alternativa inclusiva e socialmente adequada, que não exclua ou discrime aqueles que não tem como adquirir o fardamento.

O Povo Online

TRE-CE CASSA DIPLOMAS DE PREFEITO E VICE DE TIANGUÁ ELEITOS EM JUNHO


A Corte do Tribunal Regional Eleitoral do Ceará, presidida pela desembargadora Nailde Pinheiro Nogueira, na sessão desta terça-feira, 30/11, cassou, por unanimidade, os diplomas do prefeito e do vice-prefeito de Tianguá, nos Recursos Contra Expedição de Diploma nºs  0600518-37.2018.6.06.0000 e 0600525-29.2018.6.06.0000, ambos da relatoria do juiz Alcides Saldanha Lima.


A Corte determinou a execução do Acórdão após confirmação pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), nos termos do voto do relator. Até então eles permanecem no cargo.

José Jaydson Saraiva de Aguiar e Mardes Ramos de Oliveira foram eleitos prefeito e vice, respectivamente, no último dia 3 de junho, na eleição suplementar ocorrida no município, após o o indeferimento do registro de candidatura do prefeito nas Eleições de 2016, do prefeito Luiz Menezes de Lima e do vice Aroldo Cardoso Portela.

Entenda o caso

Um dia após o deferimento do registro de candidatura, pelo juízo da 81ª Zona Eleitoral, de José Jaydson Saraiva Aguiar, em 22/5, para as eleições suplementares, o TRE-CE julgou uma Ação de Investigação Judicial Eleitoral que já tramitava na Corte, mantendo pena de inelegibilidade por 8 anos ao candidato José Jaydson, por abuso de poder econômico/político quando disputava as Eleições 2016 (não eleito).

No dia 11/6, o Tribunal decidiu por unanimidade, que, no momento do pedido de registro da chapa, não havia situação de inelegibilidade, e, portanto, manteve válida a candidatura.

No entanto, nesta terça-feira, 30/11, enfrentando os Recursos Contra Expedição de Diploma, a Corte decidiu pela cassação dos diplomas dos eleitos.

Via Blog Sobral Algora

Lei de proteção

Page copy protected against web site content infringement by Copyscape É terminantemente proibido copiar os artigos deste blog sem colocar as devidas fontes. Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do código penal. Conheça a Lei 9610.

Seguidores