terça-feira, 29 de março de 2011

PERIGO NO AÇUDE VARZEA DA VOLTA NO MUNICÍPIO DE MORAÚJO

A parede do reservatório está com grandes crateras e sujeito a um arrombamento. O caso já foi encaminhado as autoridades responsáveis.

O açude de Várzea da Volta construindo há anos pelo DNOCS Departamento Nacional de Obras Contra as Secas é um reservatório do Governo Federal, gerenciado pela COGERH Companhia de Gestão e Recursos Hídricos do Estado do Ceará, está causando medo e pânico aos moradores do município de Moraújo. A parede está com grandes crateras sujeito um arrombamento a qualquer momento e causar grandes danos e até fatalidades nas localidades da zona rural. O próprio Distrito, a sede do município de Moraújo e a cidade de Coreaú são abastecidas com água bombeada deste açude.

O Sr. José Carlos coordenador do reservatório e servidor do DENOCS já comunicou o risco de arrombamento através de ofício as autoridades do Estado e compareceu pessoalmente no escritório do órgão em Fortaleza para pedir de imediato uma providência sobre a atual situação. Com as chuvas intensas agora aumenta o medo ainda mais porque já está sangrando. Vamos aguardar a reforma.

O Açude Várzea da Volta faz parte da bacia hidrográfica do Rio Coreaú, suas águas são captadas da serra da Meroca, mais precisamente do município de Alcântaras como mostra ao fundo da imagem. Um dos maiores rios que levam agua para o reservatório, é o riacho do sítio Alegre onde lá existem as famosas cachoeiras e lagos naturais dos Pícos em Alcântaras e Poções na divisa entre os municípios de Alcântaras e Moraújo.

Com blog Publimarkes

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário

Lei de proteção

Page copy protected against web site content infringement by Copyscape É terminantemente proibido copiar os artigos deste blog sem colocar as devidas fontes. Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do código penal. Conheça a Lei 9610.

Seguidores