quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

O REENCONTRO DEPOIS DE 26 ANOS

A família separada entre Rosápolis-Alcântaras e Rio de Janeiro. O encontro aconteceu durante o período de Natal e Ano Novo.

No final de Dezembro de 2010, recebi um mensagem de e-mail que a princípio achei que não fosse nada de importante, pois apareceu entre as mensagens de span.

No relato, uma professora do Rio de Janeiro e que há 26 anos procurava informações sobre seus familiares paternos. Filha de um relacionamento interrompido, a jovem Vanuza Dias Alves não conhecia seu pai, apenas o seu nome e os nomes avós registrados em sua certidão de nascimento.

Na internet (Google), o nome do Senhor Berulino Alves, estava vinculado a uma propriedade  de nome "Santa Rosa"  e foi essa postagem do dia 14 de Novembro (clique AQUI), o remotivou a procurar novamente pela sua família, e foram inúmeras as tentativas de várias formas, e foi então que no dia 19/12 a mensagem enviada a mim e lida somente no dia 21 de Dezembro, o fim da busca começou e de desenhar.

“Estou escrevendo do Rio de Janeiro, pois estamos procurando por eles há quase 26 anos, ou seja a minha idade. Se puder me ajudar...!”

Depois de algumas consultas realizadas, logo percebi que algumas informações fornecidas por Vanuza correspondiam com a realidade, a família que ela procurava morava realmente no povoado de Rosápolis e posteriormente  lhe anunciei que estava próxima de realizar o seu grande sonho.

No dia 22/12, encontrei em Rosápolis o Senhor Bertulino Alves e esposa Dona Joana, ouvi a versão sobre o que o senhor Bertulino sabia sobre a existência de uma neta no Rio de Janeiro e logo depois lhe avisei que essa neta estava a sua procura. Por telefone na noite do mesmo dia as famílias se comunicaram para a imensa felicidade de ambas as partes. Sobre o filho de Bertulino Alves e pai de Vanuza, a mais de 20 anos mora em São Paulo.

Véspera de Natal

Na manhã do dia 23 de Dezembro, mesmo que por telefone, a jovem acordou pela primeira vez em sua vida ouvindo a voz de seu pai. assim como o relato:

Edilson,
“Nossa nem tenho como agradecer a imensa boa ação que você fez em minha vida, estou muito feliz, pois hoje falei com meu pai e estou imensamente feliz muito mesmo.
Hoje acordei com meu melhor presente de natal, minha maior bênção, meu melhor de todos os melhores...”


“...Nem estou acreditando ainda, chorei muitooooo e estou muito, muito feliz mesmo. Meus agradecimentos,..”

Apenas um trecho do relato, pois é muito emocionante e também muito pessoal, mas aqui um pouco da história que tenho muito prazer em ter contribuído para o final Feliz.

Hoje fiquei sabendo que pai e filha passaram o “Ano Novo” juntos e que brevemente ela irá conhecer a sua também terra natal.  

"Que esse encontro ou reencontro traga bastante felicidades e que Vanuza seja bem vinda a Serra da Meruoca e em especial ao município de Alcântaras"

Um comentário:

  1. Parabens pelo blogue
    Passei aqui lendo. Vim lhe desejar um Tempo Agradável, Harmonioso e com Sabedoria. Nenhuma pessoa indicou-me ou chamou-me aqui. Gostei do que vi e li. Por isso, estou lhe convidando a visitar o meu blog. Muito Simplório por sinal. Mas, dinâmico e autêntico. E se possivel, seguirmos juntos por eles. Estarei lá, muito grato esperando por você. Se tiveres tuiter, e desejar, é só deixar que agente segue.
    Um abraço e fique com DEUS.

    http://josemariacostaescreveu.blogspot.com

    ResponderExcluir

Lei de proteção

Page copy protected against web site content infringement by Copyscape É terminantemente proibido copiar os artigos deste blog sem colocar as devidas fontes. Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do código penal. Conheça a Lei 9610.

Seguidores